Entre polêmicas e elogios, CM Punk volta ao octógono no UFC 225, neste sábado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Phil “CM Punk” Brooks retorna ao octógono do UFC neste sábado, no UFC 225, para encarar Mike Jackson. Apesar de críticas, a luta foi colocada no card principal e vai abrir o segmento de combates mais importantes da noite.

A preparação de Punk

As críticas a CM Punk não pararam desde sua escolha pela carreira no MMA. O principal ponto levantado pelos críticos é a chegada rápida de Punk ao UFC, apesar de não possuir um cartel profissional até aquele momento. Após a derrota para Mickey Gall, as críticas só fizeram aumentar.

Punk nunca pareceu ligar para isso. Em entrevista recente falou sobre a expectativa para o retorno:

“Eu não estou perseguindo dinheiro. Se for por alguma coisa, você poderia dizer que eu estou perseguindo a glória. Estou perseguindo o vitória. É a minha segunda luta e tenho muito a provar. E eu vou provar isso para mim e para o meu time. Você está prestes a ver um CM Punk mais experiente”

O técnico de Punk, Duke Rufus, também aposta em um lutador muito melhor dentro do octógono:

“O a estreia é um levantamento de dados. Você tem que apostar e ver como o seu cara vai reagir lá e lidar com uma briga de verdade. Dito isto, Mickey Gall era um adversário muito difícil. Foi um primeiro passo difícil. Mas eu estou feliz que ele tenha encarado alguém como Mickey Gall, porque quando alguém encara as coisas que ele fez, os contratempos e ainda quer voltar a lutar, eu sei que ele é feito de algo especial”

Rufus ainda destacou a parte mental de Punk, afirmando que muitos atletas já treinados por ele não possuem o mesmo preparo psicológico para desafios como esse.

O adversário

Mike “The Truth” Jackson tem 33 anos e lutou apenas uma vez no UFC. Na ocasião foi finalizado por Mickey Gall, o mesmo lutador que venceu CM Punk em sua estreia. Antes disso se consolidou em uma carreira no MMA amador. Seu feito mais importante foi a conquista do Houston Golden Gloves, evento de boxe.

A polêmica

O que mais chamou a atenção no período que antecede a luta foi o fato de ela estar no card principal. Além dos tradicionais “fãs de internet”, uma manifestação em especial chamou a atenção. Alistair Overeem, peso-pesado do UFC e um dos maiores nomes da organização se mostrou surpreso de ter sido preterido do card principal:

“Só eu descobri que a nossa luta de 9 de junho está nas preliminares? O que vocês acham dessa decisão?”, postou o lutador.

Mais tarde, ele ainda brincou: “Para o registro eu não tenho nenhum problema com a decisão, porque agora as pessoas da Europa não têm que ficar acordadas até tarde e quanto mais cedo melhor”.

Neste caso, o entendimento comum é que o dinheiro falou mais alto e Punk é um grande atrativo do evento. Não a toa ele é estrela em boa parte dos cartazes de promoção do UFC 225.

Dana White, presidente do UFC, não deixou isso claro, mas criticou as declarações de Overeem.

“Se você quer encarar isso como um rebaixamento, o que sobra para Rashad Evans e (Sergio) Pettis? Existem caras que podem estar no card principal que estão nas preliminares”.

As apostas

O site OddsShark mostra que os apostadores estão mais confiantes em Jackson, do que em Punk. A vitória de Jackson paga 1,5x o que o usuário apostou. Já a vitória de Punk paga 2,7x.

Já no Bet 365, a vitória de Jackson paga 1,45x e a vitória de Punk 2,8x.

Transmissão

O Canal Combate transmite o UFC 225 na noite de sábado.

7

Leia também:

Fã questiona CM Punk no card principal do UFC 225 e ele responde

Estrelas da WWE que brilharam no MMA

 

 

Facebook Comments

1 thought on “Entre polêmicas e elogios, CM Punk volta ao octógono no UFC 225, neste sábado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *