A WWE não sabe ou não quer fazer combates ao estilo NXT no roster principal?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

O NXT mais uma vez encantou os fãs ao apresentar um card histórico no NXT TakeOver Chicago 2018. Antes do evento eu postei que era bom poder ter expectativas sobre uma coisa, com a certeza de que não haveria decepção. Dito e feito. O que parecia épico, foi épico.

Após a batalha quase mortal entre Tommaso Ciampa e Johnny Gargano surgiu aquela dúvida constante entre nós, fãs… Porque o roster principal não faz lutas tão boas quanto ao NXT?

E aí vem a dúvida que dá título a este texto. Eles não conseguem, ou não querem?

Na minha opinião, não querem. Os produtores do NXT são contratados da WWE. Nada impede que eles produzam lutas do roster principal. Quem sabe os próprios produtores do roster principal, com mais liberdade, pudessem fazer coisas memoráveis. Mas, a questão é o que a WWE quer entregar aos seus fãs.

Hoje em dia são dois cenários completamente diferentes. O NXT nos apresenta um conteúdo mais adulto. Tem pancadaria, sangue, cadeiradas e tudo mais. O roster principal se desenvolve em cima de coisas muito mais “familiares”. É a irmã do Bobby Lashley ou a provocação do Big Cass sobre a altura do Daniel Bryan.

Me parece que aí está o ponto. A WWE nos dá no NXT o que queremos e nos mostra: “Nós sabemos fazer”. Quando vamos para o roster principal, ela manda a seguinte mensagem: “Aqui as coisas são diferentes. Nós precisamos manter este show popular para qualquer idade ou região e seguir trilhando nossa história de sucesso”.

Pra fechar esse raciocínio, pedi a opinião do Tanaka, do Rádio de Pilhadriver, sobre o assunto. Como alguém que acompanha o PW pelo mundo, sabia que ele teria um pensamento mais abrangente sobre os planos da WWE. A seguir a percepção dele:

Bem, eu acho que não dá sem sequer pra trabalharmos com essa ideia de que “eles não sabem”. Eles sabem. O fato da linha de pensamento deles no plantel principal ser diferente permitiu o surgimento do NXT.

A partir disso, o NXT é realmente uma brand com mais liberdade para trabalhar o Wrestling, mas o foco principal é acostumar as pessoas para a grande exposição do plantel principal. Naturalmente o plantel principal pode assumir uma linha diferente, mas isso tiraria o brilho do NXT por transformar tudo na mesma coisa.

É um caso de públicos e públicos. Do mesmo jeito que os Cruiserweights foram introduzidos nos Estados Unidos como uma válvula de escape para os shows americanos engessados, o NXT é o que os fãs mais inteligentes querem.

O All In pode ser um grande influenciador no pensamento do McMahon se continuar como um projeto rentável. Assim como a ECW incomodou a programação cartunesca da WWF e quase que obrigou a transformação em algo mais adulto, o cenário independente em crescimento pode gerar uma mudança no plantel principal pra matar esse hype. O Vince não é bobo.

LEIA MAIS:

Dez coisas que precisam melhorar no WWE 2k19

Daniel Bryan provoca lutador que bateu CM Punk: “Poderia vencê-lo”

Os lutadores que poderiam voltar ao NXT em busca de novas oportunidades

 

Facebook Comments

4 thoughts on “A WWE não sabe ou não quer fazer combates ao estilo NXT no roster principal?

  1. NXT no roster principal seria censurado em muitos países, não entraria nas casas das famílias em horário nobre, não seria para você assistir com seu filho.
    Não é “saudável” o suficiente para ser consumido pela maioria dos públicos, ao mesmo tempo.

    Encaremos assim: NXT é o churrascão, Main Roster, o arroz com feijão (e salada!) de todo dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *