Brasileiro ex-campeão do UFC critica retorno de Lesnar: “É um cara que trapaceia com esse negócio das drogas”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A ida de Brock Lesnar ao UFC, desafiando diretamente o campeão Daniel Cormier, é alvo de críticas no mundo do MMA. A mais recente delas é do brasileiro Júnior Cigano, ex-campeão peso-pesado da organização. Em entrevista ao Canal Combate, ele se mostrou desapontado com a escolha do UFC ao aceitar este retorno.

“É completamente injusto, mas a gente sabe que no UFC o ranking não funciona para nada, o que define o ranking é uma política meio estranha. Mas não é nada legal ver o Brock Lesnar ali furando fila, até porque ele não parou porque quis ou nada desse tipo, ele caiu no doping, uma coisa que ele sempre fez uso, dá para ver, é claro. Ele foi cortado pela USADA e agora está voltando como se fosse algo positivo, mas é o contrário. Foi bastante negativo, é um cara que não acrescenta nada nesse sentido. É um cara que trapaceia com esse negócio das drogas.

O único benefício é que as pessoas gostam, de uma forma ou de outra, de assisti-lo, aquele cara enorme… Não deixa de ser perigoso porque ele é um cara grande. Não acho justo ele estar lutando pelo cinturão, mas isso não importa, se as pessoas querem ver, o UFC tem que fazer”

Vale lembrar que Cigano e Lesnar foram rivais como técnicos do reality show TUF, do UFC, em 2011.

Lesnar só pode lutar no UFC em 2019, por conta de uma suspensão da agência antidoping norte-americana. Até lá, há dúvidas sobre o futuro do título universal na WWE.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *