Um SummerSlam de respeito

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Quando o NXT TakeOver terminou, no sábado (18), a sensação era de euforia e certeza que o domingo certamente não conseguiria manter aquele nível. Pois bem, fomos surpreendidos, e para o bem.

No Extreme Rules eu já celebrei aqui alguns acertos da WWE na montagem e na execução do evento. No SummerSlam tudo foi amplificado. Além de boas lutas e uma ótima roupagem com direito a realidade virtual e algumas hashtags personalizadas, o PPV termina com resultados que destravam o RAW, principalmente.

O Kickoff não deu a prévia do que seria a noite. Foi morno e conseguiu emplacar três vitórias por roll-up. Mas, serviu para dar sequência nas carreiras de Andrade Cien Almas e Zelina Vega, coroar o reinado sólido de Cedric Alexander e colocar o Revival na lista do B-Team.

O show começou com os caras que estão em melhor forma na WWE atualmente. Seth Rollins e Dolph Ziggler. Podemos colocar Drew McIntyre e Dean Ambrose nesta conta também. Foi insano. Entregou o que prometia. E, principalmente, deixou uma grande expectativa para o futuro dos quatro.

O combate mais discutível da noite, na minha opinião, foi o encontro entre New Day e Bludgeon Brothers. Houve todo um torneio para definir os desafiantes dos campeões para chegar no dia e… marretadas. A história deve seguir.

Vimos dois atropelamentos. Braun passou por cima de Kevin Owens e Balor, com o Demon King de volta, não deu chances para Corbin. E que, por favor, estas duas rivalidades tenham terminado aqui.

Precisamos falar de Becky Lynch. A luta foi ótima. Não vou reclamar das exibições de Becky, Charlotte e até Carmella, que foi muito bem. Mas, o que mais a Becky Balboa precisa fazer para ser campeã? O heel turn foi feito e o que se espera é que a história de Sami Zayn não se repita.

O DQ legal da noite veio com AJ Styles e Samoa Joe. A luta estava boa e qualquer final por DQ poderia estragar tudo. Mas, não aquele final. Joe envolver a família de AJ e o ódio que o campeão da WWE empregou na hora de partir pra cima do adversário deixaram o hype enorme para os próximos meses.

Como fazer Daniel Bryan x The Miz acontecer no SummerSlam, mas, mesmo assim deixar as coisas quentes até a WrestleMania? Bom este caminho começou muito bem pavimentado. A WWE foi criativa ao envolver Maryse e uma vitória de Miz naquele famoso jeitinho, usando o soco inglês. A luta ocorreu e a expectativa segue alta.

Jeff Hardy e Nakamura fizeram a luta que não aconteceu no Extreme Rules. Muita ação e um Jeff Hardy impecável, apesar de todos estes anos de carreira. Vitória limpa para Nakamura.

Na segunda luta principal da noite a WWE precisou sacrificar Alexa Bliss. Na minha opinião, tá tudo certo, visto que a empresa deu muita moral pra ela no último ano. Mas, era a hora de Ronda Rousey assumir o papel para qual foi contratada e tomar para si o cinturão. Já sabíamos que ela seria campeã em algum momento. Que comece o seu reinado!

Menção honrosa para Natalya que apareceu no evento mesmo com a morte recente de seu pai.

Para muitos o evento acabou aí. Como a 867ª luta entre Roman Reigns e Brock Lesnar poderia ser legal? E não é que foi! Primeiro porque Braun apareceu logo de cara colocando pressão nos dois. Depois, um combate muito físico entre os lutadores. Lesnar claramente já está se preparando para a volta no UFC e se apresenta em condições muito melhores. Mas, isso agora é problema de Dana White, porque Reigns, ENFIM, encerrou o reinado do Universal Champ, destravando totalmente o RAW.

Agora, teremos um campeão trabalhando em todas as segundas-feiras e o restante do roster poderá ter as suas oportunidades.

Enfim, com tudo isso dito, queria celebrar este SummerSlam. Está longe do TakeOver, óbvio, mas a proposta é totalmente diferente. Naquilo que nos apresenta hoje a WWE, o roteiro me pareceu bem sólido, com uma ou outra crítica a ser feita. Um show relevante e que trouxe muita emoção para quem assistiu. Se fica um questionamento é a duração do evento. As seis horas deixaram todos muito cansados. A WWE precisa encontrar este equilíbrio entre o grande espetáculo e a sua duração.

Facebook Comments

1 thought on “Um SummerSlam de respeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *