Memórias de WrestleMania: por Carlos Britto do @WWEBR_Shows

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A Wrestlemania que me marcou foi a fatídica Wrestlemania XXX, essa mesma, a da quebra da streak. Mas pra chegar nela, tenho que contar um pouco da minha história. A primeira vez que assisti a WWE, ela ainda se chamava WWF, na extinta TV Manchete.

Numa troca de canais aleatória, me pego vendo entrar um cara de preto em meio a fumaça, sendo chamado pelo narrador de “o coveiro” e achei aquilo o máximo! Comecei a torcer muito por ele, além de ver outros grandes wrestlers como HBK, Nash (que na época ainda era Diesel) os irmãos Hart, dentre outros. Era incrível. Assisti por um bom tempo, mas pelas ocasiões da vida, acabei não assistindo mais e até caiu em parte no esquecimento.

Anos se passaram, até que no início de 2014, por um acaso, novamente numa troca de canais aleatória, vejo um show passando na TV e vejo ele, The Undertaker, com uma streak imbatível nas WM e iria defendê-la contra Brock Lesnar.

Muito feliz em ver aquele show que me encantou na juventude e que o meu lutador favorito da época ainda lutava. Ainda mais em saber o quão importante ele ainda era. Mas veio a WM XXX, e todos sabemos o resultado. Me veio uma raiva naquele momento pela quebra, mas ao mesmo tempo uma alegria, por voltar a assistir algo que me trouxe tantas boas lembranças.

Depois disso, comecei a acompanhar mais frequentemente até resolver compartilhar as opiniões via Twitter com outros fãs. Mas isso é outra história.

Siga o @WWEBR_Shows

Confira todos os capítulos do especial Memórias de WrestleMania

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *